Nós (de nó)

Ando há dias a tentar dar continuidade ao post Manifestação dos indignados (Parte 1) e não consigo. Tenho tanto para dizer, escrever, em relação a este assunto, mas sinto uma sensação de mal-estar nos nós dos dedos das mãos, comparável ao nó que por vezes sentimos na garganta quando somos obrigados a comer e calar – condição com a qual nunca me dei bem.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s