Soul Coughing, "The Idiot Kings"

Quem visita frequentemente este blog certamente já terá dado conta que uma das etiquetas atribuídas aos posts publicados actualizadas com mais frequência é a etiqueta Música. Recorro assim ao blog para partilhar com os visitantes não apenas algumas fotografias e uma ou outra opinião (em alguns casos uma mera observação), mas também a música que de que gosto, independentemente se se trata de um artista/banda que ouço há algum tempo, ou de outros casos que vou descobrindo ou me dão a conhecer. Uma coisa é certa: partilho aqui apenas músicas, bandas ou músicos que realmente gosto, como é agora o caso dos Soul Coughing e do tema “The Idiot Kings”, do álbum Irresistible Bliss.
Quando ouvi os Soul Coughing pela primeira vez (já lá vai mais de uma década) soube logo naquele momento que iria ouvi-los para o resto da vida, o que se tem confirmado até hoje. Com um som único, é uma das bandas mais inconfundíveis que alguma vez ouvi. Enjoy it.

Everything is going up.
Everything is going as planned, yeah.
Everything moves along.
Everything is fine, fine, fine.
Oh I could be
Condemned to Hell for every sin but littering.
I could
Slip on the East River and crash into Queens all skittering.
I’ve seen the
Cops and the robbers, and I know they dance the same.
I’ve seen a
Half a zillion girls and haven’t spoken to a single one of them.
Batting in the light,
My reptile-lidded eyes.
And all this strung end to end,
Is wider than the mind.
And this cool I’ve been playing I have been
Playing too long now my
Capacities are dwindling ‘til they’re
Gone Gone Gone.
Baby can I change my mind?
I just want to change my mind.

Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

2 opiniões sobre “Soul Coughing, "The Idiot Kings"”

  1. a rolar nos meus phones. falei de ti a respeito de música, uma coisa assim:

    – o miguel tb gosta de smiths. e stone roses, e joy division. e the cure. e pixies.
    – ya, deve ser pouco deprimido deve…
    – deve ter tido uma adolescência complicada. agora já não é. não com essa convicção.

    hehe. achei que ias gostar

    Gostar

  2. E The The, e tantos outros… nem me atrevo a especificar, não faria outra coisa na próxima meia hora. 🙂
    Não tive uma adolescência complicada. Nunca me faltou nada, a não ser um pouco mais de responsabilidade. Fiquei-me pela meia-dose durante demasiado tempo. 🙂
    À parte da depressão enquanto estado clínico, quem não se sente deprimido uma vez ou outra? Aliás, a própria música tem a particularidade de conseguir alterar o estado de espírito de quem a ouve, basta abrir os ouvidos e deixá-la entrar.
    Abraço
    – m

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s