O post da Leonor

Em tempos ponderei a criação de um blog para a Leonor, a minha filha, que conta já seis anos de idade, feitos há poucos dias. O blog seria um registo online do que ela gosta – e não gosta -, das suas descobertas e das curiosidades que vão marcando o seu dia-a-dia. Seria uma espécie de registo para a posteridade e, caso ela assim o entendesse, poderia continuar a alimentá-lo por sua iniciativa quando chegasse o momento adequado para o efeito. Nunca cheguei a pôr em prática esta ideia, mas penso nela com alguma frequência.
Um dos posts que publicaria no tal blog dedicado à Leonor seria certamente este que me traz cá hoje e que tem como pano de fundo dois dos livros que ela mais gosta de ouvir as respectivas histórias. São eles “Leonor, a Ursa Menor” e “Branquinha e o Maior Buraco da Terra”.
O primeiro, da autoria de Antoon Krings, foi-lhe oferecido pela Madalena e os seus irmãos mais novos, o Lourenço e o Simão, quando ela festejou o seu quinto aniversário – passado um ano ela nunca se fartou desta história. O segundo, de Marie Louise Gay, foi comprado na última feira do livro que visitámos. A Leonor gosta destes livros ao ponto de já os ter levado para o colégio (por iniciativa dela) para que a Eduarda os lesse aos coleguinhas de turma.

Clique nas imagens para ler o resumo das respectivas histórias e a ficha técnica dos livros.

Se este fosse um post escrito no tal blog da Leonor, tenho a certeza que ela gostaria que eu recomendasse estas duas histórias aos papás e às mamãs que visitassem o seu espaço online. Da mesma forma que gostaria de receber, por sua vez, recomendações do género.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

5 opiniões sobre “O post da Leonor”

  1. Olá Miguel e Leonor

    Eu cá em casa tenho uma Catarina, da mesma idade, que não passa sendo dois ou três histórias diárias.

    Temos os nossos preferidos, e de momento os que mais lemos são:

    “O incrível rapaz que comia livros” (podes ouvir a história aqui: http://www.youtube.com/watch?v=nmS2PTp8Xls);

    “Quimonos”
    http://o-companheirovasco.blogspot.com/2012/01/leitura-aconselhada.html

    “Greve”
    http://o-companheirovasco.blogspot.com/2011/11/greve.html

    “A guerra”
    http://contadoresdestorias.wordpress.com/2007/05/20/a-guerra-anais-vaugelade/

    “Grão de Milho”
    http://www.wook.pt/ficha/grao-de-milho/a/id/484011

    E pronto, todos os escritos pelo Manuel António Pina.

    Um abraço e um beijinho
    RVasco

    Gostar

  2. As histórias da Stella e do seu famoso mano Simão foram uma das principais motivações para o nome do nosso mai'novo 🙂
    Eu sei que é quase tão tolo como dar a um filho um nome de futebolista ou de personagem de novela, mas foi o que aconteceu. A Madalena fez tanta força que nós concordámos.
    Lá em casa é obrigatório ler histórias à hora de deitar.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s