A nossa pequena horta

O início da nossa modesta horta urbana. Para já temos aqui repolho, couve, tomate cereja, rúcula e algumas ervas aromáticas, em sementeira e plantio.
De entre os objectivos que temos com este nosso projecto familiar, aquele que mais me motiva passa por transmitir à Leonor o gosto por produzir ela própria uma parte da sua alimentação.
Um outro objectivo passa pela necessidade do regresso à terra (hortas domésticas), que surgirá nos próximos anos, imposta pelo aumento dos preços dos produtos alimentares, a que se associará a subida dos custos de transporte motivada pela escalada do preço dos combustíveis e que sentiremos na pele aqui nas ilhas.
Obviamente nem falo à Leonor nesta minha preocupação em relação ao futuro (o futuro dela, principalmente), ela não compreenderia. Portanto, ficamos pelo prazer de termos a nossa pequena horta doméstica e de vê-la crescer.
Se o projecto vingar, teremos de recorrer a um espaço mais amplo para o cultivo. E até o temos, a cinco minutos da nossa casa, o que é bom.

Adenda: também lá está um pé de maracujá. 🙂

Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

5 thoughts on “A nossa pequena horta”

  1. É engraçado pois começo a ver muitas pessoas a terem esta prática, principalmente na Terceira. Parece me que com estas medidas todas irá voltar a ser a actividade principal de muita gente :S… Parabéns ;)! Abraço

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s