Especialistas do Governo

(Para quem não teve a infelicidade de ver na TV, aqui vai.)

Têm menos de 30 anos e já são especialistas do governo. O “Sexta às 9” descobriu-lhes o rasto nas juventudes partidárias e até uma ligação familiar com um alto representante do eixo do poder. Fogem de entrevistas como diabo da cruz. Quem dá a cara, defende-se como pode.
– rtp.pt/programa/tv/p28597/e20

O “Sexta às 9” deu conta dos “especialistas” do Governo da República, mas há tantos outros assessores, adjuntos e não-sei-quantos-mais especialistas da treta por este Portugal fora, nos governos regionais, nas autarquias e onde quer que as teias partidárias possam colocar os seus fieis servidores. Ter menos ou mais de 30 anos é indiferente. O que está aqui em causa é muito mais do que a idade; é sobretudo a imoralidade e a indignidade.
Por isto e muito mais, junto-me à plateia e aplaudo:
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

7 opiniões sobre “Especialistas do Governo”

  1. No mesmo programa ficamos a saber que uma deputada do parlamento ganha 650€ limpos. Muito menos do que eu, por exemplo. E que há grupos parlamentares (um pelo menos) em que ninguém é prejudicado nem beneficiado por ser eleito. Parece-me digno de registo. 🙂

    Gostar

  2. Rui, vais-me perdoar mas eu acho absurdo um deputado ganhar 650€ limpos. Assim como acho demagógica essa ideia de os deputados ganharem o que ganhavam antes de irem para lá. O que é que fazem a uma dona de casa, por hipótese? Eu acho que o que se investe (para não dizer gasta) nos deputados da Nação não é o que está a levar este país à ruína. Não sei como se faz para garantir que lá estão por convicção, mas não me parece que seja com ordenados ridículos que se valoriza uma função que tem que ter valor. Abraço.

    Gostar

  3. Rui e Zé
    Em relação ao vencimento dos deputados – aliás, dos políticos em geral quando no exercíco de funções para as quais foram eleitos, ou nomeados em consequência de eleições, como ministros por exemplo -, começo a acreditar na teoria que defende que estes deveriam usufruir de vencimentos superiores aos actuais. É uma teoria que pode chocar grande parte da população, bem sei, mas poderia ser uma forma de combate à corrupção que alicia alguns políticos – não todos, também existem políticos dignos dos cargos que ocupam. É um exercício teórico, como disse, cuja aplicação na prática poderia deitar por água abaixo a teoria que a sustenta. Enfim, não sendo o Homem perfeito, o político nunca o poderá ser.
    Em todo o caso, este post tem como único objectivo sublinhar a minha indignação em relação à rampa de lançamento, ao nível profissional, que as estruturas das juventudes partidárias do PS, do PSD e do PP proporcionam.

    Gostar

  4. Zé, não é nada absurdo. O desempenho de funções públicas é transitório e não deve por princípio prejudicar nem beneficiar ninguém. Dito isto, se um deputado do PCP ganhar por absurdo 5000€ antes de ser eleito, terá de ser compensado desse valor, pagando-lhe o partido o excedente entre o valor pago pela AR e o anterior vencimento. Achas um mau princípio? Não me parece nada demagógico.

    Gostar

  5. Miguel, eu sei qual foi a razão da tua indignação. Optei por acrescentar o dado no primeiro comentário para realçar o contraste existente dentro da AR, por duas razões: porque a reportagem que referes coincide com a outra que refiro; porque a reportagem que referes fala em “juventudes partidárias”, e eu que militei durante uma porrada de anos na JCP – fui membro da sua comissão política – nunca lá debati ou sequer ouvi falar em cargos, lugares públicos, tachos e afins. A Rira Rato também não, com toda a certeza.

    Abraço aos dois.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s