Faial da Terra

Passei pelo Faial da Terra em Junho do ano passado, a caminho de um trilho que tem início naquela freguesia do concelho da Povoação, em São Miguel.
Para quem conhece os Açores, o Faial da Terra é mais uma freguesia pacata com características idênticas a tantas outras freguesias açorianas.
Ontem, a pacatez foi bruscamente abalada pela força da natureza e vitimou três homens, que perderam a vida, soterrados em sequência de um deslizamento de terra provocado pela forte chuva que caiu nas últimas horas nos grupos Oriental e Central – também na ilha Terceira, onde vivo, os estragos são muitos, particularmente na freguesia do Porto Judeu, mas não há vítimas mortais a lamentar.
Um dos homens que morreu no Faial da Terra foi encontrado sem vida deitado numa cama abraçado à filha de cinco anos que estava viva, apesar de coberta de lama e de ramos de árvores. Não foi apenas um homem que morreu, foi um pai que morreu ao proteger a sua filha. E qualquer pai ou mãe imagina o desespero com que ele terá abraçado a criança, protegendo-a. Foi o instinto paterno (materno, se tivesse sido o caso), o amor e o sentido de protecção sem pensar na sua própria vida que se apoderaram do pensamento e dos movimentos daquele pai. Se o Céu existe, acredito que é lá que ele está.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

2 opiniões sobre “Faial da Terra”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s