Exposição fotográfica "Fronteira, Transição"

Será possível seleccionar um conjunto de quinze fotografias com base na invisibilidade do fio condutor que as une, como se se tratasse de uma transição dada como inexistente? Uma passagem invisível? Uma fronteira?
A exposição fotográfica “Fronteira, Transição” tem como objectivo questionar, precisamente, a viabilidade dessa possibilidade.
Citando Henri Cartier-Bresson: “Fotografar é encontrar a estrutura do mundo, regozijar-se no puro prazer da forma, desvendar que em todo este caos existe ordem.”.
Cabe a mim, enquanto autor das fotografias, apresentar-vos o conjunto dos 15 quadros à luz desta questão. Cabe a cada um de vós, se assim o entenderem, alcançar uma resposta que possibilite a apreciação do conjunto no seu todo.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s