Flagrantes da vida real

A expressão Jobs for the Boys tem origem no sistema de ensino clássico britânico, onde alunos (boys) provenientes das mesmas escolas que os seus empregadores são preferidos para desempenharem determinadas funções (jobs).

Na realidade, o significado atribuído à expressão é consideravelmente mais vasto e representa o favoritismo atribuídodo a parentes, amigos ou outros grupos com características e/ou interesses comuns, muitas vezes na escolha para um trabalho mas também em qualquer outra situação onde existe favorecimento de uns em detrimento de outros.
Neste sentido, em Portugal (também em Portugal), a expressão vulgarizou-se por motivos directamente relacionados com preferências político-partidárias. A cultura dos Boys aplicada à ascensão politico-partidária nacional, regional e local tornou-se tão desavergonhadamente banal que corre o risco de vir a tornar-se “politicamente aceite” pela sociedade.
Exagero? Veremos.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

Uma opinião sobre “Flagrantes da vida real”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s