O ópio do povo (não são sondagens, são factos.)

“Estive a fazer contas, e na semana de segunda-feira, 14 de Setembro, a domingo, 20 de Setembro, os três canais informativos (SIC Notícias, RTP Informação e TVI24) dedicaram no horário nobre (20h00-24h00) 36 horas e 53 minutos à actualidade genérica (incluindo política) e 31 horas e 42 minutos ao futebol. A repartição foi a seguinte: SIC Notícias – actualidade 12h17m/futebol 10h18m; RTP Informação – actualidade 15h08m/futebol 7h52m; TVI24 – actualidade 8h28m/futebol 13h32m. Só faço notar que isto foi na semana em que se iniciou a campanha eleitoral. Cada um que tire as suas conclusões.” – Joaquim Vieira (via Daniel Oliveira)
A isto acrescento o evidente: a fraca qualidade da cobertura da campanha eleitoral, medíocre e, em muitos casos, desonesta e tendenciosa (salvo raríssimas excepções). Além de praticamente concentrada no mediatismo dedicado à PAF e ao PS, os candidatos à formação do próximo governo. O que é curioso e triste é não percebermos que o futuro de um país, do nosso país, não se limita à formação de um governo e à aplicação das suas medidas, sejam quais forem. E nem é o futebol que nos torna mais esclarecidos sobre o futuro, o nosso, o dos nossos filhos e o das gerações vindouras.
Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s