O mural encoberto de Pessoa

Há dias, num passeio em Angra do Heroísmo, cidade onde nasceu D. Maria Madalena Pinheiro Nogueira, mãe de Fernando Pessoa, reparei que o mural dedicado a este está parcialmente coberto pela vegetação que existe no local. É pena, aos meus olhos. Não porque não goste de vegetação, mas porque neste caso ela cobre significativamente a mensagem que o mural pretende transmitir, tornando-a dispensável. Mas esta é a minha opinião pessoal e vale o que vale.

O curioso é que aquele mural colorido, em azulejo, leva quem o observa para “A Noite” da obra “Mensagem – O Encoberto”, de Fernando Pessoa. Ele há coisas…

IMG_8576

A fotografia acima mostra como a vegetação está a encobrir A Noite. Há quatro anos estava bem diferente, como de resto penso que devia ter ficado.

Agora está assim:

IMG_8583

IMG_8584

Anúncios

Publicado por

Miguel Bettencourt

Marido, pai, informático e entusiasta da fotografia. Corro, não só pelo prazer que a corrida me proporciona, mas sobretudo porque posso correr.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s